Responsabilidade ambiental

Agenda Climática estimula iniciativas sustentáveis na Construtora Camargo Corrêa

Quinta, 21 de Março de 2013, às 23:25

Em 2013, a Construtora Camargo Corrêa decidiu substituir os copos descartáveis por 35 mil unidades de um modelo retornável nos refeitórios do canteiro de obras da Usina Hidrelétrica Jirau. Essa iniciativa, que evitou o descarte de 100 mil copos por dia, está entre os compromissos da Agenda Climática.

O documento, firmado em 2009, lista de ações, como o consumo consciente de matérias-primas, o reaproveitamento e a preservação de recursos naturais, que vêm sendo adotadas pelas empresas do Grupo Camargo Corrêa.

Na Construtora, como nem todo descarte de material pode ser evitado, os canteiros são preparados para destinar corretamente os resíduos. Na Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, localizada a 150 km de Porto Velho (RO), além da coleta seletiva, há centrais de triagem, compostagem e tratamento de efluentes, assim como parcerias com prefeituras e cooperativas de reciclagem da região.

Evitar o desmatamento na instalação de canteiros de obras, mesmo quando autorizado legalmente, também faz parte das metas de sustentabilidade do Grupo. Somente na construção da UHE Jirau, foi possível manter intacta mais de 65% da área autorizada para o desmate.

Outra ação sustentável desenvolvida pela empresa é a Bolsa de Resíduos. Por meio desse sistema, é possível informar em tempo real quais os materiais que sobram nos canteiros, como pneus, papel, plástico, madeira, concreto e sucatas, e então ofertá-los para comercialização, doação ou tratamento final.

Há ainda iniciativas relacionadas aos processos produtivos, como na construção da UHE Serra do Facão. Lá, a substituição do concreto convencional pelo sustentável, que leva menos cimento, evitou a emissão de 41 mil toneladas de CO2.

Todas essas medidas da Construtora integram seu Plano de Gestão do Carbono, alinhado à Política Nacional de Mudanças Climáticas. Outras empresas do Grupo, como a InterCement, a CCDI, a CPFL e a Tavex, também estão engajadas na adoção de práticas sustentáveis, como a realização de inventários periódicos de emissões de gases de efeito estufa, um dos nove compromissos estabelecidos pela Agenda Climática.