Pioneirismo

Construtora Camargo Corrêa é a primeira a implantar Compromisso Nacional da Indústria da Construção

Segunda, 12 de Novembro de 2012, às 3:40
Para ministro do Trabalho, obras em Jirau são exemplo na promoção do desenvolvimento Para ministro do Trabalho, obras em Jirau são exemplo na promoção do desenvolvimento

A Construtora Camargo Corrêa é pioneira em atender às diretrizes do Compromisso Nacional da Indústria da Construção na Usina Hidrelétrica Jirau, RO. Essa foi a constatação dos representantes do Governo durante visita às obras da usina, em 7 de novembro, para conhecerem os aspectos técnicos da execução da obra, o sistema de gestão e o estágio de implementação do Compromisso, assinado pela Construtora em março, para o aperfeiçoamento das condições de trabalho na indústria da construção. A comitiva da visita era composta por Brizola Neto, ministro do Trabalho, José Lopes Feijó, assessor do Ministro Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, emissários do Governo e de sindicatos.

 

O acordo foi dividido em seis áreas: condições de trabalho, saúde e segurança no trabalho, representação sindical no local de trabalho, formação e qualificação de trabalhadores da construção, recrutamento, pré-seleção e seleção com vistas à contratação e relação com a comunidade. "A Camargo Corrêa já possui 92% das ações implementadas no compromisso nacional. A perspectiva é que estes 8% sejam finalizados até dezembro", afirma Walmir Picolotto, gerente de recursos humanos da obra.

Durante a visita, o Ministro Brizola Neto e demais membros do Governo Federal, juntamente com Luiz Carlos Martins, diretor comercial da Construtora Camargo Corrêa e entidades representativas, como a Confederação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores nas Indústrias da Construção e da Madeira (Conticom), Sindicato dos Trabalhadores da construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), dentre outros, assinaram a ata de constatação da implantação.

"A intenção hoje seria de assinar o termo de prazo de implantação, porém a evolução desde a assinatura da adesão, em março deste ano, foi tamanha que tivemos que mudar a ata para a constatação da implantação. A Construtora Camargo Corrêa, além de ter sido a primeira empresa a assinar o termo de adesão, é também a primeira empresa a implementar o compromisso. Conseguiu sair na frente no processo e está de parabéns por isso", parabenizou José Lopes Feijó, assessor do Ministro Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República.

"É um exemplo para todo o país e para todos os setores, não só da construção civil, mas para todos os setores produtivos. Aqui, os avanços foram muito rápidos, principalmente com a instalação e a posse das comissões de trabalhadores, das comissões de saúde e segurança do trabalho. Essa grande obra de Jirau mostra para toda a construção pesada, civil e todos os setores produtivos brasileiros que é possível conciliar os interesses do capital, do trabalho e ainda promover o desenvolvimento com frentes de serviço dignas que respeitem o trabalhador," afirma o ministro Brizola Neto.