Época 360º

Camargo Corrêa é eleita a melhor empresa do setor pelo Anuário Época 360º

Sexta, 12 de Setembro de 2014, às 16:40
A terceira edição da premiação de Época NEGÓCIOS 360° aconteceu na última quinta-feira (11/9) no Leopoldo Itaim, em São Paulo (Foto: Deco Rodrigues) A terceira edição da premiação de Época NEGÓCIOS 360° aconteceu na última quinta-feira (11/9) no Leopoldo Itaim, em São Paulo (Foto: Deco Rodrigues)

A terceira edição da premiação do Anuário Época Negócios 360º aconteceu na noite de ontem, na capital paulista, e premiou três empresas do Grupo Camargo Corrêa*.

A Construtora Camargo Corrêa foi eleita a melhor empresa na categoria Construção Civil pela publicação, que é realizada pela revista Época Negócios em parceria com a Fundação Dom Cabral.

O Anuário Época Negócios 360º elegeu as empresas campeãs em 26 setores da economia, considerando o desempenho financeiro, boas práticas de recursos humanos e governança corporativa, inovação, visão de futuro e responsabilidade socioambiental. Também foram premiadas as melhores empresas em cada uma dessas dimensões e a empresa do ano. No ranking de Melhores Práticas, a Construtora Camargo Corrêa ficou na 12ª posição entre mais de mil empresas analisadas pela publicação.

Epoca 360 2014 02Dalton Avancini, presidente da Construtora Camargo Corrêa, recebeu o destaque no setor Construção Civil (Foto: Sylvia Gosztonyi)

A Construtora Camargo Corrêa foi representada no evento pelo seu presidente, Dalton Avancini. “Temos uma estrutura enxuta, capaz de suportar bem até mesmo cenários de redução de demanda”, disse Avancini. O executivo destacou que a empresa mantém mais de 300 projetos de inovação em andamento. “Quando falamos de inovação, não falamos apenas de máquinas. Estamos pensando também no modelo de gestão.

Epoca 360 2014 03No setor Energia, o prêmio ficou com a CPFL. Wilson Ferreira, presidente da empresa, recebeu a premiação de Fernando Jafet (Foto: Sylvia Gosztonyi)

Outras empresas do Grupo Camargo Corrêa também foram destaque no Anuário 360º. No setor de Energia, o destaque foi para a CPFL, que no ano passado foi eleita a empresa do ano pela publicação. O presidente da empresa, Wilson Ferreira, foi pessoalmente receber o prêmio. Já o Grupo CCR foi eleito o melhor no setor de Infraestrutura e o seu presidente, Renato Vale, também esteve no evento para ganhar o destaque.

Epoca 360 2014 04Renato Vale, presidente do Grupo CCR, recebeu o prêmio do setor de Infraestrutura (Foto: Sylvia Gosztonyi)

A terceira edição do Anuário 360º contou com 1069 empresas inscritas, mais de 40% acima do total da edição do ano passado. Para analisar, mensurar e processar a enorme quantidade de dados enviados pelas empresas, a Época Negócios contou com o auxílio da Fundação Dom Cabral, da Economatica e da Boa Vista Serviços. A Aberje também ajudou na comunicação com as empresas.

A ideia principal do anuário 360º é fazer um giro dentro da empresa, avaliando como elas conseguem uma boa performance em várias áreas - e não somente no departamento financeiro. Daí, é criado um ranking com as 250 melhores empresas.

A partir dele, 26 são escolhidas como as com melhores resultados em cada setor: de água e saneamento, passando por eletroeletrônica até mineração e agronegócio. Da lista de campeãs setoriais, surge a grande vencedora - neste ano, a Cielo.

Um dos momentos emocionantes da premiação foi quando a plateia levantou-se para aplaudir e homenagear o empresário Antônio Ermírio de Moraes, falecido recentemente. Após receber o prêmio pela Votorantim Cimentos, vencedora na categoria Materiais de Construção e Decoração, o diretor-presidente Walter Dissinger lembrou o legado do "Dr. Antônio" para o país e uma frase que ele gostava de dizer: "Por mais longa que seja a caminhada, estou sempre disposto a dar o primeiro passo".

O diretor-geral da Editora Globo, Frederic Kachar, comemorou o aumento no número de inscrições e a evolução das empresas em diversos níveis de gestão, mas lamentou o "recuo" no quesito visão de futuro. "Vivemos um cenário de produtividades decrescentes. Em momentos de dificuldade, o ser humano tem a tendência de priorizar o curto prazo. A visão média de longo prazo do anuário que a gente está publicando hoje é 40% menor do que a de 2011. São duas quedas seguidas", afirmou. O diretor também disse que o estudo mostra mais um aperto nas margens das empresas, decorrente de um cenário econômico difícil. "As companhias cresceram em receita, mas diminuíram a rentabilidade em qualquer aspecto".

 

As campeãs do anuário Época NEGÓCIOS 360º 2014

Categoria

Empresa

Desempenho Financeiro

Ambev

Inovação

Natura

Governança Corporativa 

EcoRodovias

Práticas de RH

Novartis

Responsabilidade Socioambiental

Alcoa

Visão de Futuro

PromonLogicalis

Agronegócio

C. Vale

Água e Saneamento

COPASA

Alimentos e Bebidas

JBS

Atacado

Ale

Bancos

Banco Bradesco

Construção Civil

Construtora Camargo Corrêa

Eletroeletrônica

Whirlpool

Energia

CPFL Energia

Farmacêutica 

Novartis

Higiene e Beleza

Natura

Infraestrutura

Grupo CCR

Materiais de Construção e Decoração

Votorantim Cimentos

Mecânica e Metalurgia 

WEG

Mineração e Siderurgia 

Samarco

Papel e Celulose 

Fibria Celulose 

Petróleo e Gás

Petrobras

Química e Petroquímica

Braskem

Saúde

Hospital Albert Einstein

Seguros

Bradesco Seguros

Serviços

Correios

Serviços Financeiros 

Cielo

Tecnologia - Software e Serviços

Stefanini

Telecomunicações

Algar Telecom

Transportes

JSL

Varejo

Lojas Americanas

Veículos e autopeças

Embraer

Empresa do Ano

Cielo

 

Fonte: Época Negócios (http://epocanegocios.globo.com/Inspiracao/Empresa/
noticia/2014/09/anuario-epoca-negocios-360-elege-
cielo-empresa-do-ano.html
)

* Empresas que o Grupo Camargo Corrêa controla ou em que tem participação acionária.