Indústria Naval

Estaleiro Atlântico Sul entrega mais um navio em Suape (PE)

Sexta, 15 de Maio de 2015, às 17:51
O navio André Rebouças foi construído com metade do tempo em relação aos anteriores O navio André Rebouças foi construído com metade do tempo em relação aos anteriores

O Estaleiro Atlântico Sul entregou em 14 de maio, à Transpetro, o navio Suezmax André Rebouças. A cerimônia aconteceu no Complexo Portuário do Suape, em Pernambuco, onde houve ainda o batismo do navio Marcílio Dias, que entra agora na fase de acabamento.

Durante o evento, o presidente do EAS, Harro Burmann, destacou a redução no tempo de produção das embarcações. "O navio que entregamos hoje foi construído com metade do tempo dos primeiros e sem queda na qualidade". O André Rebouças teve tempo de quatro milhões de hora/homem. Para os próximos navios, a expectativa é que esse número seja reduzido à metade.

Além da presidente Dilma Rousseff, participaram do lançamento oficial os ministros de Minas e Energia, Eduardo Braga, e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto; o governador de Pernambuco, Paulo Câmara; os presidentes da Petrobras, Aldemir Bendine, e da Transpetro, Cláudio Ribeiro Campos; parlamentares; lideranças sindicais e acionistas e profissionais do estaleiro.

O navio André Rebouças homenageia o engenheiro militar negro e líder do movimento abolicionista no século 19. Trata-se da nona embarcação a entrar em operação, da série de 49 navios encomendados pelo Programa de Modernização e Expansão da Frota da Transpetro (Promef). A embarcação se destina ao transporte de óleo cru no Brasil e para o exterior e tem capacidade de transportar cerca de um milhão de barris de petróleo, o equivalente a 41% da produção brasileira diária. O navio Marcílio dias é uma homenagem ao marinheiro negro, herói da Batalha Naval do Riachuelo, em 1865.

O Estaleiro Atlântico Sul deve entregar mais dois navios ainda em 2015.