#BrasilNaDefesaDaInfancia

Grupo Camargo Corrêa apoia Childhood em campanha com Neymar e Daniel Alves

Sexta, 16 de Maio de 2014, às 15:35

A Childhood Brasil, entidade presidida pela Sra. Rosana Camargo de Arruda Botelho, acionista do Grupo Camargo Corrêa, lançou no último dia 14 de maio uma nova campanha em defesa da infância para o período da Copa do Mundo.

A ação de comunicação #BrasilNaDefesaDaInfancia aproveita a proximidade com o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes marcado para este domingo, 18 de maio, e conta com apoio e liderança de Neymar Jr. e Daniel Alves. Os jogadores convocados para a Copa da Fifa protagonizam um vídeo que convida todos a "jogarem" na defesa dos direitos de crianças e adolescentes durante o Mundial de Futebol.

O objetivo é sensibilizar e alertar turistas, torcedores e a população brasileira sobre a imprescindível necessidade de evitarmos qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes durante o Mundial. "Estamos empenhados em dar visibilidade ao assunto, pois acreditamos que a informação e o engajamento de todos são uma arma para enfrentar o problema", diz Ana Maria Drummond, diretora-executiva da Childhood Brasil. "Queremos contribuir para que esse megaevento deixe um legado positivo para crianças e adolescentes brasileiros".

Uma grande mobilização está em campo. Faça parte dessa iniciativa, para que possamos garantir a proteção da infância durante os jogos, deixando um legado positivo para toda a sociedade brasileira. Além do link acima, o filme pode ser visto no site da Childhood (www.childhood.org.br).

Campanha

Esta campanha visa à proteção de crianças e adolescentes contra a exploração e abuso sexual, considerando, principalmente, o contexto do mundial de futebol. Abaixo, mais informações sobre a campanha:

Por que lançar a ação #BrasilNaDefesaDaInfancia

A ação #BrasilNaDefesaDaInfancia é uma iniciativa da Childhood Brasil e é um dos pilares do Projeto Copa. Este projeto busca:

  1. gerar e disseminar conhecimento sobre a violência sexual contra a infância no contexto dos grandes eventos;
  2. participar ativamente em espaços multissetoriais para tratar da causa;
  3. criar awareness e comunicar essa violação de direitos.

Esta ação, portanto, objetiva alertar para a potencial violação de direitos de crianças e adolescentes principalmente durante os meses de junho e julho no Brasil, devido a toda movimentação que acontece no País devido à Copa. Sabemos que a Copa sozinha não é responsável pela violência sexual contra crianças e adolescentes, mas que fatores como o grande fluxo de turistas, o aumento de trabalho temporário, famílias deslocadas devido às grandes obras, o potencial aumento do comércio informal, são fatores que aumentam a vulnerabilidade da infância, potencializando a ocorrência da exploração e do abuso sexual.

Conteúdo da comunicação/período de veiculação

A campanha informa, de maneira delicada e cuidadosa, que todos temos que cuidar das crianças e adolescentes no Brasil e que a violência sexual é um crime no País. O call-to-action é o Disque 100 (o telefone de denúncias da Secretaria de Direitos Humanos). Essa mensagem é passada por dois grandes jogadores (com alto poder de mobilização social): Neymar Jr. e Daniel Alves. A campanha será veiculada nos meses de maio, junho e julho.

Lançamento da campanha

A ação foi lançada no dia 14 de maio através da postagem de formadores de opinião (Neymar Jr., Daniel Alves, Ivete Sangalo, Luciano Huck, Tiago Abravanel, Raí, Alexandre Pires e Maitê Proença), com milhões de seguidores em suas redes, bem como através de entrevistas exclusivas para a Reuters e Globoesporte.com.

Divulguem! Prestigiem! #BrasilNaDefesaDaInfancia