Segunda, 25 de Novembro de 2013, às 12:05

Jovens da Barra do Ceará fazem peça sobre violência sexual infanto-juvenil

Projeto integra programa Grandes Obras pela Infância, realizado pela Construtora Camargo Corrêa e Instituto Camargo Corrêa

Cerca de 50 jovens, entre 12 e 21 anos, terão no próximo 27 de novembro um dia especial. Foram 12 meses de aulas e ensaios para montar duas peças que debatem o combate ao abuso e à exploração sexual infanto-juvenil. O projeto Promotores Legais Juvenis é uma das ações sociais desenvolvidas pela Construtora Camargo Corrêa e Instituto Camargo Corrêa na obra da Vila do Mar, em Fortaleza.

O projeto é realizado em parceria com a Escola Superior do Ministério Público do Ceará e a ONG Mudança de Cena e conta com o apoio da Prefeitura de Fortaleza, do Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cuca) Che Guevara, da Associação Pequeno Cidadão, do Conselho Tutelar e da Rede Aquarela. A peça marca a formatura dos jovens em agentes do enfrentamento à exploração sexual a partir do processo educativo e lúdico do Teatro Fórum e de pesquisas sobre o sistema de garantia de direitos de Fortaleza.

Ao longo de um ano, os 50 jovens moradores da região da Barra do Ceará passaram por oficinas de teatro e de formação sobre o sistema de garantia de direitos infanto-juvenis desenvolvendo competências de comunicação oral, escrita, pensamento criativo, tomada de decisão, resolução de conflitos e promoção de direitos. Além de fornecer informação sobre o tema da violência sexual, o projeto incentiva o protagonismo juvenil. Educadores e artistas locais, além da comunidade, também contribuíram para a realização do projeto.

Ao final deste processo de formação, os jovens montaram duas peças no modelo Teatro do Oprimido. As encenações irão apresentar um problema real e instigar a reação da plateia. Os problemas serão discutidos e encenados de acordo com as sugestões que forem surgindo. As peças serão apresentadas nos dias 27 e 28 de novembro. No dia 9 de dezembro, haverá o evento oficial de encerramento do projeto no auditório da Procuradoria Geral de Justiça de Fortaleza.

Os jovens participantes receberão um certificado. O Promotores Legais Juvenis é uma ação do programa Grandes Obras pela Infância, da Construtora Camargo Corrêa e do Instituto Camargo Corrêa, cujo objetivo é desenvolver ações de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes nas áreas de influência de grandes obras de infraestrutura. Atualmente, o Grandes Obras pela Infância está presente em 15 municípios brasileiros, com 21 projetos de combate à exploração sexual infanto-juvenil.

Serviço
Data: 27 de novembro
Horários: às 16h e às 19h
Grupo: Promotores Juvenis
Tema: Abuso sexual contra criança e o adolescente
Classificação etária: 10 anos
Duração: 1 hora
Sinopse: A peça foi construída a partir da pesquisa de adolescentes e jovens sobre o abuso sexual a partir de histórias reais sobre a faixa etária ocorridas na Barra do Ceará.
Local: Teatro do Cuca Che Guevara (Av. Presidente Castelo Branco, 6.417 Barra do Ceará)

Data: 28 de novembro
Horários: às 16h e às 19h
Peça: Retalhos de Cristal
Grupo: Promotores Juvenis
Tema: Exploração Sexual contra Criança e o Adolescente
Classificação etária: 10 anos
Duração: 1 hora
Sinopse: A narrativa de uma criança que se transforma em mulher em uma situação de muita vulnerabilidade se baseia em uma história real e aborda a temática da Exploração Sexual contra a Criança e o Adolescente.
Local: Teatro do Cuca Che Guevara (Av. Presidente Castelo Branco, 6.417 Barra do Ceará)

Sobre o Instituto Camargo Corrêa

O Instituto Camargo Corrêa (ICC) atua nas comunidades em que as empresas do Grupo Camargo Corrêa estão inseridas. Sua missão é articular e fortalecer organizações que contribuam para a formação integral de crianças, adolescentes e jovens, visando ao desenvolvimento comunitário sustentável. Para tanto, definiu quatro programas sociais: Infância Ideal, Escola Ideal, Futuro Ideal e Ideal Voluntário. Para cada programa são idealizados projetos que se complementam.